.

.

O Curso de Psicologia do Centro Universitário de São João da Boa Vista teve início em 2000. Durante o desenvolvimento do curso foram feitas as adequações necessárias no projeto pedagógico visando atender às diretrizes curriculares paro os cursos de graduação em Psicologia.

.

O Projeto Pedagógico está amparado em dados e análises que traduzam a realidade e as perspectivas para esta categoria profissional. Nessa direção, consideramos que as discussões sobre a formação e a atuação profissional em Psicologia, situam-se numa conjuntura econômica, social e política extremamente complexa. Discussões que passam necessariamente, pela questão acerca da atividade que o psicólogo exercerá nessa sociedade em que atuará.

.

O Projeto Pedagógjco do curso está atrelado ao nível macrossocial – assim como em mesmo grau de importância -, nos princípios e objetivos da instituição que veicula e produz os conhecimentos e no próprio conhecimento a ser veiculado e leva em consideração que a formação técnico-científica, a aquisição e a transmissão do saber, estão situados no vértice dos preceitos que regem a educação, conjunto de princípios e normas que guardam entre si uma relação necessária de coerência, conexão e dependência, que é sustentada pela grade curricular que aponta dois níveis de relação: Um primeiro nível presente na verticalidade das disciplinas apresentadas para cada ano letivo e um outro nível, o da horizontalidade, que projeta no tempo previsto para a formação, o encadeamento necessário para que o perfil do formando seja delineado. Cada disciplina, na sua interioridade, mantém uma relação com as demais, formando uma teia cujos fios entrelaçados nos semestres subseqüentes, formarão a trama do tecido educacional.

.

Autorização: Portaria CEE/GP nº 21/00 – DOE de 06/04/2000;

.

Primeiro reconhecimento: Portaria CEE/GP nº 60/04 – DOE de 21/04/2004;

.

Renovação de reconhecimento:

– Portaria CEE/GP nº446/06–DOE de 31/10/2006 prazo: 3 anos.

– Portaria CEE/GP nº 322/09 – D.O.E. de 17/10/09 prazo: 3 anos.

– Portaria CEE/GP nº 525/12 – D.O.E. de 06/11/12 prazo: 5 anos.

.

Coordenadora do Curso de Psicologia:

Profª Ms. Maria Carla Borges Sorbello

Possui graduação em Psicologia pela UNIP  (1984), graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela UNIFEOB e mestrado em Psicologia pela PUC – Campinas (2002).

mariacarla@fae.br

 


.

Objetivos do Curso:

 .

OBJETIVOS GERAIS:

O curso de Psicologia da UNIFAE, com o título de Bacharel e Formação de Psicólogos, tem por objetivo geral em conformidade com a missão da UNIFAE produzir e disseminar o conhecimento, contribuindo para o exercício pleno da cidadania, mediante formação humanista, crítica e reflexiva, preparando profissionais competentes, com visão interdisciplinar atualizada para o mundo do trabalho e para a melhoria das condições de vida da sociedade.

.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

O curso de Psicologia da UNIFAE, com o título de Bacharel e Formação de Psicólogos visa propiciar ao aluno o desenvolvimento das seguintes competências e habilidades gerais para:

• Construção e desenvolvimento do conhecimento científico em Psicologia;

• Compreensão dos múltiplos referenciais que buscam apreender a amplitude do fenômeno psicológico em suas interfaces com os fenômenos biológicos e sociais;

• Reconhecimento da diversidade de perspectivas necessárias à compreensão do ser humano, e incentivo à interlocução com campos de conhecimento que permitam a apreensão da complexidade e multideterminação do fenômeno psicológico;

• Compreensão crítica dos fenômenos sociais, econômicos, culturais e políticos do País, fundamentais ao exercício da cidadania e da profissão;

• Atuação em diferentes contextos considerando as necessidades sociais, os direitos humanos, tendo em vista a promoção da qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidades;

• Respeito à ética nas relações com clientes e usuários, com colegas, com o público e na produção e divulgação de pesquisas, trabalhos e informações da área da Psicologia;

• Aprimoramento e capacitação contínuos.

.

PERFIL PROFISSIOGRÁFICO

O curso de Psicologia da UNIFAE, com o título de Bacharel e Formação de Psicólogo forma o profissional apto ao exercício profissional e realização de pesquisas em Psicologia, habilitado para atuar em diversos contextos da prática profissional, voltado para o compromisso de atividades condizentes com as demandas sociais da atualidade e com o perfil multifacetado do fenômeno psíquico, compreendido em sua totalidade. No exercício de suas atividades profissionais estará apto a:

• Realizar levantamento de necessidades, diagnóstico, elaboração de projetos, planejamentos e planos de ação nos diversos contextos, mantendo coerência com referenciais teóricos específicos;

• Identificar, definir, formular e justificar questões de investigação científica, articuladas às escolhas metodológicas;

• Definir a pertinência quanto ao uso, construção e avaliação de instrumentos de coleta de dados em psicologia;

• Avaliar problemas de ordem cognitiva, comportamental e emocional em diferentes contextos;

• Coordenar e intervir em processos grupais em diferentes contextos.

• Atuar inter, multi e transdisciplinarmente, sempre que a compreensão dos processos e fenômenos envolvidos o recomendar;

• Elaborar relatos científicos, pareceres técnicos e demais comunicações profissionais, incluindo material de divulgação;

• Prestar consultorias e assessorias.

.


Campo de Atuação

A Carreira

 

A observação e a análise do comportamento são exercícios que o homem pratica desde a antiguidade. O objetivo, ao longo desses séculos todos, foi sempre o mesmo: pavimentar por meio do auto-conhecimento, o longo e não raro tortuoso caminho que nos conduz à felicidade. Embora remontando praticamente à origem do homem, foi somente a partir do século XV que a Psicologia, dissociando-se de outras ciências, como a medicina, a biologia e a fisiologia, tomou forma e adquiriu vida própria.

 

Mercado

 

Em geral são quatro as áreas de atuação do profissional: clínica, escolar e organizacional e comunitária e institucional.

 

Psicologia Clínica: engloba ações voltadas à atenção psicológica dentro e uma visão integradora, exercida em diferentes contextos e situações, visando à promoção de saúde mental de indivíduos e grupos.

 

Psicologia Educacional: envolve instituições educacionais de diferentes tipos e níveis, entidades governamentais e não governamentais responsáveis pelo desenvolvimento e atenção à crianças, adolescentes e adultos no processo educativo.

 

Psicologia do Trabalho: envolve ações voltadas à avaliação, acompanhamento e desenvolvimento do indivíduo em relação às atividades produtivas, objetivando sua integração em espaços formais e informais de trabalho e suas organizações.

 

Psicologia Comunitária e Institucional: engloba ações desenvolvidas em comunidades e instituições de diferentes tipos de atenção à população, organizações governamentais e não governamentais com o objetivo promover e prevenir a saúde mental de grupos e comunidades através da ampliação e democratização do psicólogo junto à comunidade e população em geral, propiciando a inclusão social e a ética do bem viver.

 

Notícias

 


      

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS NOTÍCIAS >>>