Breve histórico

 

O Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino – FAE, com sede no município de São João da Boa Vista, Estado de São Paulo, é uma instituição de ensino municipal, autarquia, pluricurricular, criada pela Lei nº 633, de 01 de março de 2001, da Prefeitura Municipal de São João da Boa Vista, SP, por via da transformação das Faculdades Associadas de Ensino – FAE, integrando o Sistema Estadual de Ensino.

 

Governador  Laudo Natel Pátio do Colégio das Irmãs Andrelinas
  1. Governador Laudo Natel – aula inaugural
  1. Pátio do Colégio das Irmãs Andrelinas

Figura 1 – Fotos históricas

 

O Centro Universitário, enquanto Autarquia Municipal atende a legislação da administração pública, possui autonomia didático-científica, administrativa, de execução orçamentária e disciplinar, conforme a Lei Municipal nº 633, de março de 2001 e é fiscalizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. O Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino – FAE foi credenciado pela Portaria CEE/GP nº118/04 – DOE de 03/08/2004.

 

O sistema de Gestão da Instituição é integrado por meio de três níveis de organização, constituídos pelos órgãos da Administração Superior, da Administração Acadêmica e Órgãos Suplementares, por meio de regime colegiado respeitado o disposto na LDB e suas alterações, assim como os princípios da qualidade do ensino previstos no Plano Nacional de Educação (PNE) e Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (SINAES), integrando o Sistema Estadual de Ensino.

 

A história da instituição começa em 1961, com a criação da Faculdade de Ciências Econômicas de São João da Boa Vista, em 23 de setembro de 1961, pela Lei Municipal nº187/61. Foi transformada em Autarquia Municipal, por meio da Lei Municipal nº140/65, em 05/11/65, com as atividades escolares se iniciando a partir do ano letivo de 1963. A IES foi autorizada a funcionar pela Portaria CEE nº 03/65 – Decreto Estadual nº44.822, de 12/05/1965. O primeiro reconhecimento do curso de Ciências Econômicas foi formalizado pelo Decreto Federal nº 68.223 – DOU de 15/02/71 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº 41/07 – D.O.E. de 27/02/07, por um período de três anos.

 

O começo foi nas primeiras salas da Antiga Escola Hugo Sarmento. O crescimento levou à compra das instalações do Antigo Colégio Santo André, que hoje abriga as modernas instalações da Instituição.

 

Em 1973, foram autorizados pelo Parecer CEE nº481/73 – pelo Decreto Federal nº 72.395 – DOU de 26/06/73 a funcionar mais dois cursos: Administração, cujo primeiro reconhecimento foi formalizado pelo Decreto Federal nº 81.280 – DOU de 1º/02/78 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº158/06 – D.O.E. de 18/05/06, por um período de cinco anos. Ciências Contábeis, o primeiro reconhecimento foi formalizado pelo Decreto Federal nº 81.280 – DOU de 1º/02/78 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº142/07 – D.O.E. de 28/04/07, por um período de dois anos.

 

Em 1998, mediante a Portaria CEE/GP nº 56/98 – DOE de 18/07/98, foi autorizado a funcionar o Curso de Educação Física (Bacharelado e Licenciatura). O primeiro reconhecimento foi formalizado pela Portaria CEE/GP nº 203/03 – D.O.E. de 24/05/03 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº 425/05 – D.O.E. de 23/12/05, por um período de cinco anos. Neste mesmo ano, por meio da Portaria CEE/GP nº 58/98 DOE de 23/07/98, foi autorizado a funcionar o Curso de Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo e em Publicidade e Propaganda. O primeiro reconhecimento foi formalizado pela Portaria CEE/GP nº 205/03 – D.O.E. de 24/05/03 e a renovação de reconhecimento foi sancionada Portaria CEE/GP nº 281/06 – D.O.E. de 12/08/06, por um período de 4 anos.

 

Em 2000, mediante a Portaria CEE/GP nº17/00 – DOE de 16/03/00, foi autorizado a funcionar o Curso de Fisioterapia. O primeiro reconhecimento foi formalizado pela Portaria CEE/GP nº 341/03 – D.O.E. de 05/12/03 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº 152/07 – D.O.E. de 28/04/07, por um período de dois anos. Neste mesmo ano, mediante a Portaria CEE/GP nº 21/00 – D.O.E. de 06/04/00, foi autorizado a funcionar o Curso de Psicologia. O primeiro reconhecimento foi formalizado pela Portaria CEE/GP nº 60/04 – D.O.E. de 21/04/04 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº 446/06 – D.O.E. de 31/10/06, por um período de três anos. Em 2000, também, foi autorizado a funcionar o Curso de Informática – Sistemas de Informação, mediante Portaria CEE/GP nº 22/00 – D.O.E. de 06/04/00. O primeiro reconhecimento foi formalizado pela Portaria CEE/GP nº 288/03 – D.O.E. de 18/09/03 e a renovação de reconhecimento foi sancionada pela Portaria CEE/GP nº 457/06 – D.O.E. de 24/11/06, por um período de cinco anos.

 

Em 2002, dando continuidade ao que já vinha oferecendo, há mais de 15 anos, cursos de pós-graduação lato sensu, o UNIFAE firmou convênio com o Instituto Nacional de Pós-Graduação – INPG, lançando diversos cursos. Atualmente, os cursos são gerenciados pelo Grupo Forte.

 

2005

Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI (2005 – 2010) foi aprovado pela Resolução CONSU nº 09/2005), que constitui um marco para o Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino – FAE, pois nele encontram-se novos rumos para os próximos cinco anos, explicitando os seus propósitos, as suas realizações e potencialidades, além de ser referencial para o planejamento anual de ora em diante.

Orientando-se pelas Diretrizes Curriculares Nacionais, foram reestruturados os diversos Projetos Pedagógicos de Cursos, regulamento do CEPE, regimento do CONSU, Programa de Apoio à Iniciação Científica – PAIC, Programa de Apoio à Pesquisa Científica – PAPEC, instalação e regulamento da Comissão Própria de Avaliação – CPA e da Comissão Interna de Avaliação – CIA, regulamentos dos diversos laboratórios, clínicas e ginásio poliesportivo.

Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino – FAE, gozando de autonomia para criar cursos, observado os requisitos legais e mediante comunicação prévia ao Conselho Estadual de Educação, nos termos do Artigo 11 da Deliberação CEE GP nº09/98, criou mais dois cursos: Engenharia Mecânica e Ciência dos Materiais (Autonomia – Art. 11 – Delib. CEE nº 08/98) Autorização: Resolução CONSU nº 06/05, de 12/10/2005 – Resolução CEPE nº 17/05, de 21/12/05; Engenharia Química e Ciências Ambientais (Autonomia – Art. 11 – Delib. CEE nº 08/98) Autorização: Resolução CONSU nº 07/05, de 12/10/2005 – Resolução CEPE nº 18/05, de 21/12/05.

 

2006

Aprovados os regulamentos de projetos experimentais do curso de Comunicação Social e regulamento de estágio supervisionado, atendendo às DCN do curso de Educação Física.

Assinado convênio “guarda-chuva” entre o UNIFAE e a UNICAMP, de ensino, pesquisa e extensão. Neste mesmo ato, foram assinados os termos aditivos nº01, referente ao curso de Engenharia Química e Ciências Ambientais e o nº 02, referente ao curso de Engenharia Mecânica e Ciência dos Materiais, que hoje funciona com o nome só de Engenharia Mecânica.

Em junho, mediante a Resolução CONSU nº01/2006, criou-se a Escola de Extensão do UNIFAE, com o propósito de divulgar e atualizar conhecimentos e técnicas de trabalho, podendo alcançar o âmbito de toda a coletividade ou dirigir-se a pessoas e instituições públicas ou privadas. Projeto que foi readequando com a criação do IPEFAE.

Criado o curso de Engenharia de Computação, (Autonomia – Art. 11 – Delib. CEE nº 08/98) Autorização: Resolução CONSU nº 02/06, de 26/06/2006 – Resolução CEPE nº 09/06, de 01/08/06.

Realização do Projeto desenvolvido pelo Curso de Psicologia, desenvolvido na Delegacia de Defesa da Mulher, Delegacia Seccional de São João da Boa Vista/SP, Fóruns e Ministérios Públicos, abrangendo as cidades de São João da Boa Vista, Aguaí, Espírito Santo do Pinhal, São Sebastião da Grama, Divinolândia e Vargem Grande do Sul. No Brasil, são raros os cursos de Psicologia que têm a disciplina Psicologia e Justiça e menos ainda os que possuem estágio na área Forense.

Vale destacar que essa é uma área que oferece oportunidades importantes para o Psicólogo, com intervenções junto à comunidade.

 

2007

Em 15 de junho de 2007, através da Portaria GAB. REITORIA nº 42/2007, foi constituído o Comitê de Ética em Pesquisa – CEP, caracterizado de forma multidisciplinar e multiprofissional, de acordo com a Resolução nº 196 do Conselho Nacional de Saúde, de 10/10/1996.

No mesmo ano, foi aprovado o Projeto Pedagógico Institucional – PPI, que se constitui em documento relevante, de caráter permanente, construído com a participação da comunidade acadêmica, e que deverá ser um norteador do Centro Universitário (Resolução CEPE Nº09/2007).

Também neste ano, foram concluídas as obras dos modernos laboratórios das Engenharias: Química e Mecânica, projeto que contaram com experimentos desenvolvidos em parceria com a UNICAMP. Atualmente, estes laboratórios incorporaram novos equipamentos. .

As instalações da nova Biblioteca foram concluídas em 2007, e o entrou em funcionamento o Laboratório de Informática ( nº 05) e uma sala de aula prática para uso das Engenharias.

Lançamento da Revista Científica do UNIFAE: “Pensamento Plural” – ISSN 1982-3088, que foi editada durante três anos.

Em 2008, assinada uma parceria entre o UNIFAE e a TV UNIÃO, iniciando o Primeiro Programa de TV regional denominado “Universo do Conhecimento”, enfocando o mundo acadêmico através de entrevistas.

 

2009

Criação do Curso de Engenharia Elétrica – para os ingressantes a partir de 2010 , Autorização: Resolução CONSU nº 01/09, de 20/08/2009 – Resolução CEPE nº 14/2009, de14/08/2009.

Construção de mais 14 salas de aula, com aproximadamente 1.300 metros quadrados – parte superior de uma construção existente, que foi utilizada a partir do ano letivo de 2010.

Em junho de 2009, a Agência Experimental do Curso de Publicidade e Propaganda – JUNIOR – chegou a marca de 100 trabalhos produzidos e a publicação da milésima matéria no site oficial do UNIFAE.

CAPES recomendou o Primeiro Curso “Stricto Sensu” – Mestrado Acadêmico do UNIFAE. Área de concentração: Desenvolvimento Sustentável e Qualidade de Vida.

Este ano marca também os documentários produzidos no LabCom do UNIFAE que passaram a ser exibidos na TV CULTURA, em São Paulo. Parceria esta firmada entre o UNIFAE e a EMISSORA paulista. Trata-se do Projeto Campus com parceria com a Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura de São Paulo. Somente 18 instituições de Ensino Superior participam do Projeto. Este projeto foi reformulado e atualmente, 2015, passa por nova reestruturação.

 

2010

Lançamento do Livro fotográfico “Novos Viajantes”, que diz respeito a estrada de Guaiases. Há dois séculos, essa estrada servia unicamente de acesso aos tropeiros de Minas Gerais e São Paulo, para chegarem a Goiás.

Firmada a parceria com a Rádio Vinícola AM, da cidade de Andradas/MG, com a disponibilidade de uma (01) hora semanal de produção radiofônica, envolvendo diretamente os alunos e professores do UNIFAE. O Programa recebeu a denominação de Sintonia com a Educação.

Início das aulas do Primeiro Curso “Stricto Sensu” – Mestrado Acadêmico do UNIFAE. Área de concentração: Desenvolvimento Sustentável e Qualidade de Vida, já recomendado pela CAPES.

Recredenciamento pelo Egrégio Conselho Estadual de Educação, do Centro Universitário UNIFAE, através da Portaria CEE/GP No. 361/10, publicado no D.O.E. de 30/12/2010, por mais um período de cinco (05) anos.

 

2012

Ocorre a primeira Defesa de Dissertação, ocorrida no mês de Dezembro. A Mestranda Bernardete de Paiva Miranda defendeu: “Projeto de Assentamento Jaguari: a contribuição do acampamento dos Sem Terra de Mogi-Guaçu/SP para o desenvolvimento sustentável Regional”.

Lançamento, pela Reitoria, do Projeto de Internacionalização da UNIFAE com a Universidade de Xiamem, na China. O evento contou com a presença do representante da Câmara Comercial e de Relações Econômicas e Culturais Brasil-China, Dr Hélcio José Amalfi Meca.

Tomam posse os novos Dirigentes do UNIFAE: Reitor, Prof. Dr. Francisco de Assis Carvalho Arten e Vice-Reitora, Profa. Dra Maria Helena Cirne de Toledo, para um mandato de quatro anos.

 

2013

Alunos na Copa do Mundo. Em 2013, o UNIFAE assinou convênio e foi a única Instituição de Ensino superior do interior do Estado a enviar alunos para o processo de seleção de estagiários que atuarão na Copa do Mundo 2014, pela Host Broadcast Services – HBS. A empresa tem sede na Suíça e é um dos maiores grupos mundiais especializados na produção de dados e na transmissão de jogos para televisão, celulares, internet e rádio. Foram 14 alunos de diversos cursos que trabalharam nas transmissões dos jogos.

Criação do Curso de Engenharia de Software – para os ingressantes a partir de 2014, Autorização: Resolução CEPE nº 03/2013, de 10/09/2013.

Criação do Curso de Engenharia Civil – para os ingressantes a partir de 2014 , Autorização: Resolução CEPE nº 05/2013, de 10/09/2013.

Criação do Curso de Farmácia – para os ingressantes a partir de 2014 , Autorização: Resolução CEPE nº 04/2013, de 10/09/2013.

Assinado assinou convênio com a HBS. A empresa tem sede na Suíça e é um dos maiores grupos mundiais especializados na produção de dados e na transmissão de jogos para televisão, celulares, internet e rádio. O UNIFAE foi a única Instituição de Ensino Superior do interior do Estado a enviar alunos para trabalharem como estagiários remunerados nas transmissões da Copa do Mundo o 14 os alunos aprovados para estagiar com remuneração na Copa do Mundo 2014.

Criação do CETEP, Centro Tecnológico de Engenharia e Pesquisa, com previsão de funcionamento em 2015

Criação do Curso de Medicina – para os ingressantes a partir do Segundo Semestre de 2014, Autorização: Resolução CEPE nº 09/2013, de 10/09/13 – Resolução CONSU nº 10/2013, de 12/12/13, iniciando-se com sessenta vagas, período integral – com duração de 12 semestres.

A implantação do Curso de Medicina foi a concretização do sonho de gerações de sanjoanenses. Uma noite inesquecível no centenário com a apresentação do tenor Jean Wiliam, no Theatro Municipal, marcou as comemorações que encerram os 50 anos.

 

Tenor Jean Wiliam Tenor-Jean-Wiliam-fae
  1. Apresentação do tenor Jean Wiliam comemora os 50 anos no Theatro Municipal

Figura 2 – Noite Especial – 50 anos da FAE