.

 

IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

  • Denominação do Curso: Curso de Graduação – Habilitação em Engenharia Química.
  • Titulação conferida: Engenheiro Químico.
  • Nível do Curso (graduação, sequencial, etc.): Graduação.
  • Modalidade de Curso: Curso Regular de Engenharia.
  • Duração do Curso: 10 semestres. O prazo mínimo para integralização curricular é de 10 semestres e no máximo de 18 semestres.
  • Área de conhecimento: Engenharia Química.
  • Habilitação e/ou ênfase e/ou núcleo formador: Engenharia Química.
  • Regime escolar: Seriado Semestral. Aulas de segunda a sábado.
  • Processo de seleção: Vestibular
  • Número de vagas anuais previstas: 120 alunos
  • Turno: Diurno e Noturno
  • Ano de início de funcionamento: 1º semestre de 2006.
  • Quantidade de alunos por turma em disciplinas teóricas: máximo de 60 alunos.

 

Carga horária do Curso de graduação em Engenharia Química

Tipo de disciplina

Carga Horária (horas/aula)

Disciplinas Teóricas e Práticas

4160

Projeto de Conclusão de Curso

120

Estágio Curricular

200

Atividades Complementares

200

Total

4680

 


ENGENHARIA QUÍMICA

O curso de Graduação em Engenharia Química foi criado em 2005 pela resolução CONSU 07/2005, iniciando-se no primeiro semestre de 2006. Este curso de graduação ampliou a oferta de cursos noturnos, oportunizando a educação superior inclusive para alunos trabalhadores, com vistas na inclusão técnico-social destes alunos. Em 2010 o curso passou pelo primeiro ajuste no seu Projeto pedagógico, sancionada pelo CEPE 24/2011, que definiu nova matriz curricular pautada em períodos semestrais.

Em 2013 foi reformado o Projeto Pedagógico do Curso (PPC) de Engenharia Química aprovado no CEPE pela resolução 16/2013, o qual atende a legislação pertinente do CNE, CEE, CREA, CONFEA, CRQ e CRF.

O curso de engenharia, conforme concebido pela equipe de elaboração pretende a formação de graduados em Engenharia Química. Na concepção do perfil do formando busca-se respeitar o estabelecido na resolução CNE/CES Nº 11 de 11/03/2002, explicitado no artigo 3º reproduzido a seguir:

Art. 3º O Curso de Graduação em Engenharia tem como perfil do formando egresso/profissional o engenheiro, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

O Projeto Pedagógico atualizado em 2013 propõe a formação de Graduados em Engenharia com o título de Engenheiro Químico, com uma matriz curricular com 4.680 horas distribuídas entre aulas teóricas, atividades práticas, estágio supervisionado e atividades complementares, com oferecimento de 120 vagas, para ingressantes a partir de 2014, seguindo o regime seriado semestral com um tempo mínimo de integralização de 10 semestres e máximo de 15 semestres.

OBJETIVOS DO CURSO

Este curso visa à formação de Engenheiros Químicos, sendo considerados alguns aspectos fundamentais e modernos que permitirão ao futuro profissional ter uma base fundamental sólida, e um conjunto importante de disciplinas de formação profissional e especializada. Os aspectos considerados foram:

1) Formação básica, com um enfoque atualizado e moderno que permitirá ao aluno uma base sólida de conhecimentos fundamentais na realização dos trabalhos da vida prática, constituindo-se como pré-requisitos importantes nas disciplinas numéricas, de instrumentação, estatística aplicada e confiabilidade.

2) Formação profissional e especializada que permitirá uma formação dinâmica ao futuro engenheiro químico.

3) Redução das disciplinas de enfoque informativo para o mínimo aconselhável, permitindo a formação de profissionais em cinco anos.

4) Foco na formação do aluno para a autonomia e responsabilidade social, com a disponibilização de cerca de 200 horas para atividades complementares.

5) Oferecimento de estágio supervisionado com carga horária de 200 horas, que poderá ser realizado a qualquer momento do curso para fortalecer a atuação do futuro engenheiro e aproximá-lo da vida industrial real. O estágio será considerado, neste conceito, como uma parte fundamental da formação do profissional, devendo ser integralizado até o 10º      semestre do curso.

6) As atividades pertinentes ao estágio supervisionado serão rigorosamente supervisionadas pelo corpo docente do UNIFAE.

 


PERFIL PROFISSIONAL

O formando deverá demonstrar as habilidades e as competências necessárias ao desenvolvimento de análises de situações industriais e de propor soluções para os problemas detectados; deverá, ainda, conhecer os processos de modelação matemática, processos químicos, tecnológicos, de automação e domínio de todo o ferramental disponibilizado ao longo do curso. Deverá ser capaz de avaliar criticamente o impacto sócio-ambiental dos processos químicos industriais e ser capaz de planejar intervenções que garantam a sustentabilidade sócio-econômica e ambiental do meio. Deve ter a competência necessária à comunicação de suas posições através de exposições formais ou informais, verbais ou escritas. Deve ainda pautar-se sempre pela ética e ser capaz de participar em equipes multidisciplinares, assumir a liderança e colaborar na busca do consenso.

 

 

 
 
risco_separacao
 
 

VESTIBULAR UNIFAE 2018

 
 

– Vestibular UNIFAE 2018, prova dia 22 de outubro (exceto medicina).

Clique aqui fazer sua inscrição.

 
 
 

.

.

.

UNIFAE TV

risco_separacao
 


 
 

CLIQUE AQUI E VEJA TODOS OS VÍDEOS >>>

 

NOTÍCIAS UNIFAE

risco_separacao
 

  

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS NOTÍCIAS >>>