IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

  • Denominação do Curso: Curso de Graduação – Habilitação em Engenharia Elétrica.
  • Titulação conferida: Engenheiro Eletricista.
  • Nível do Curso (graduação, sequencial, etc.): Graduação.
  • Modalidade de Curso: Curso Regular de Engenharia.
  • Duração do Curso: 10 semestres. O prazo mínimo para integralização curricular é de 10 semestres e no máximo de 18 semestres.
  • Área de conhecimento: Engenharia Elétrica.
  • Habilitação e/ou ênfase e/ou núcleo formador: Engenharia Elétrica.
  • Regime escolar: Seriado Semestral. Aulas de segunda a sábado.
  • Processo de seleção: Vestibular
  • Número de vagas anuais previstas: 120 alunos
  • Turno: Noturno.
  • Ano de início de funcionamento: 1º semestre de 2010.
  • Quantidade de alunos por turma em disciplinas teóricas: máximo de 60 alunos.

 

Carga horária do Curso de graduação em Engenharia Elétrica

Tipo de disciplina

Carga Horária (horas/aula)

Disciplinas Teóricas

3120

Disciplinas Práticas

1040

Projeto de Conclusão de Curso

120

Estágio Curricular

200

Atividades Complementares

200

Total

4680

Engenharia Elétrica

O curso de Graduação em Engenharia Elétrica foi criado em 2009 pela resolução CEPE 14/2009, iniciando-se no primeiro semestre de 2010. Este curso de graduação ampliou a oferta de cursos noturnos, oportunizando a educação superior inclusive para alunos trabalhadores, com vistas na inclusão técnico-social destes alunos. Em 2013 o curso passou por ajustes no seu Projeto pedagógico, sancionada pelo CEPE 13/2013, que definiu nova matriz curricular atendendo a legislação pertinente CNE, CEE, CREA e CONFEA.

Este curso de graduação em engenharia tem como propósito formar graduados em Engenharia Elétrica, na concepção do perfil do formando, procura-se respeitar o estabelecido na resolução CNE/CES Nº 11, de 11/03/2002, explicitado no artigo 3º reproduzido a seguir:

Art. 3º O Curso de Graduação em Engenharia tem como perfil do formando egresso/profissional o engenheiro, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

O Curso de Engenharia Elétrica oferecido pelo UNIFAE adota um perfil essencialmente industrial, no qual são abordados competências tais como a Eletrônica de Potência; a Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica; as Redes Industriais; a Eletrônica Geral e a Telemática. Em seu conjunto, a Engenharia Elétrica do UNIFAE, será catalisadora no desenvolvimento de tecnologias, previsto nas metas do Plano Básico de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Governo Federal.

De acordo com as ponderações descritas anteriormente, o UNIFAE se compromete a formar Graduados em Engenharia com o título de Engenheiros Eletricistas Generalistas, obedecendo a uma matriz curricular com 4080 horas distribuídas entre aulas teóricas, atividades práticas, estágios supervisionados, e atividades complementares. O curso terá 120 vagas, para ingresso a partir de 2014, seguindo o regime seriado semestral, com um tempo mínimo de integralização de 10 semestres e máximo de 15 semestres.

OBJETIVOS DO CURSO

A graduação em Engenharia Elétrica do UNIFAE tem por objetivo capacitar o discente para obter o título de Engenheiro Eletricista Generalista. Portanto, o Engenheiro Eletricista formado pelo UNIFAE poderá atuar nas áreas de Eletrônica de Potência; Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica; Redes Industriais; Eletrônica Geral; Telemática e em outras atividades decorrentes e inseridas nas áreas citadas anteriormente.

Na concepção do curso de Engenharia Elétrica foram considerados os aspectos fundamentais e modernos que permitirão ao graduado ter uma base fundamental sólida, além de um conjunto importante de disciplinas de formação profissional e especifica.

Os aspectos considerados foram:

1. Formação básica: Enfoque em conhecimentos que constituem disciplinas nas áreas da Matemática; Física; Química; Ética; Meio Ambiente e Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS).

2. Formação profissional: Enfoque em disciplinas que abranjam as competências em programação e conhecimentos computacionais; eletrônica em geral; máquinas elétricas; conversão eletromecânica e gestão de qualidade.

3. Formação especifica: Enfoque n as competências em programação e conhecimentos em Eletrônica de Potência; Telamática; Robótica; Segurança do Trabalho; Sistemas Eletricistas e Projeto de Conclusa de Curso.

4. Estágio supervisionado: O estágio é componente vital na formação do Engenheiro Eletricista, apresentando como carga horária de 200 horas, as quais poderão ser cumpridas até o décimo período.

PERFIL PROFISSIONAL

O perfil do profissional a ser formado neste curso apresenta um aspecto novo para a região, baseado na formação plena em Engenharia Elétrica, com forte dosagem profissional e específica nas áreas enfatizadas anteriormente, permitindo o egresso atuar nos campos industriais, geradores de energia elétrica, de automação e interconexão de redes industriais. A formação básica sólida do curso permite ao formado adequar-se às outras áreas de serviços, além de possibilitar a atuação em áreas de tecnologia. Portanto, o egresso poderá usufruir de um currículo generalista, o qual possibilita a atuação na indústria, serviço e tecnologia.

 

Notícias

 


     

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS NOTÍCIAS >>>